quarta-feira, 1 de março de 2017

Quando conheci a Chapada dos Veadeiros


Reenergizei, revigorei e renovei.
Desfiz-me de toda dor.
Tudo que me fez mal foi levado pela água gelada da cachoeira, toda mágoa foi deixada para trás.
O forró me trouxe o sorriso bobo de novo. O tal do xote trouxe um gingado por mim já conhecido, que por um momento havia sido esquecido, o qual costumava usar para levar a vida de forma mais leve.
Sou grata ao Cerrado, que com sua simplicidade me lembrou que tudo que eu preciso para ser feliz tenho comigo.

Postar um comentário