sexta-feira, 1 de abril de 2016

Cair 7, levantar 8.

Se a vida às vezes dá uns dias de segundos cinzas e o tempo "tic-e-taca" devagar, põe o teu melhor vestido, brilha teu sorriso, vem pra cá, vem pra cá.
Se a vida muitas vezes só chuvisca só garoa e tudo não parece funcionar, deixa esse problema à toa, pra ficar na boa, vem pra cá! (Chimarruts - Do lado de cá)


          É, às vezes a gente passa por isso. É normal acordar triste de vez em quando, é normal, às vezes, não ter vontade de levantar da cama, tentar fingir que o novo dia não começou, que não temos mais uma batalha pela frente. Normalmente isso acontece quando alguma batalha foi perdida; pois é, conseguiram te atingir, com ou sem maldade por parte do "agressor", seu coração encontra-se ferido. Tudo bem, parece até um pouco de drama, mas tenho certeza que para quem está machucado as frases anteriores fazem sentido.
         É amigo, passo por isso diversas vezes. Não é porque o mundo é mal. Não é porque as pessoas querem todas te derrubar -  por mais que algumas realmente queiram. É porque inúmeras vezes não estamos preparados para o que vai acontecer. Comigo, pelo menos, o que acontece é que eu preparo toda a minha mente para uma situação imaginada. Contudo, todavia, entretanto, na hora da verdade, as coisas não acontecem como planejei. Sabe aquela conversa que você ia ter com um amigo para ajudá-lo com toda boa intenção? Ela pode não ser bem recebida e ele pode simplesmente querer te dizer várias verdades. Sabe aquele teu modo de se comportar que todo mundo elogia? Em uma nova atmosfera pode não ser "tão" bem visto. Sabe aquele feedback construtivo que te passaram? Pois é, derrubou você do seu conto de fadas, pois você nem imaginava que aquilo não era positivo.
          Acontece!
          Mas e aí? O que faremos? O negócio é descobrir ao longo da vida pequenas coisas que tem o poder de elevar o seu moral novamente. Uma música - como a que coloquei no início desse texto - já pode servir. Toda vez que acordo cabisbaixa dou uma cantarolada nela. Ela me faz lembrar que por mais que haja dias ruins, nos quais aquela chuvinha chata insiste em cair e acabar com o clima de entusiasmo, existem dias de sol que estão por vir.
         O importante é que fique o aprendizado: que aconteça o processo de reflexão.


         Examinai tudo. Retende o bem. (1 Tessalonicenses 5:21)


Postar um comentário